Sobre a vida…

É muito engraçado como a vida é espertamente maluca. A gente tem mania de achar que tem controle sobre tudo, que nada vai acontecer se nós não quisermos/permitirmos, e que está tudo aqui, na palma da mão. Não está, minha gente! Claro que tem coisas que sim, é possível controlar, mas eu estou falando de VIDA! Sabe aquela que de repente dá um 360° e você se vê de ponta cabeça, sem saber qual é o lado certo e o errado, sem entender é nada!? Então.

Por que eu estou falando isso? Vou te contar.

Há 1 ano e meio atrás eu meti as caras e entrei na faculdade para cursar Jornalismo. O que nos tempos de adolescente era o que eu ‘queria ser quando crescesse’. Mas quando saí da escola minha vida tomou outro rumo. Pois bem, depois de fazer Design de Interiores, lá fui eu atrás do sonho. Pesquisei muitas faculdades e, tomada a decisão, me matriculei. Digo já, sem rodeios, que fiz apenas 1 semestre. Por motivos pessoais precisei parar. Nesse período aprendi muito mais que só a matéria e exerci a minha paciência e força de vontade todos os dias. Conheci pessoas incríveis, e era exatamente onde eu queria chegar (ufa).

Sabe aquele assunto lá de cima de vida, de tudo mudar, de estar de ponta cabeça? Pois é. No meio de uma história com algumas confusões, conheci o Rafael, que era da minha sala. Sim este mesmo Rafael que escreve aqui e que, não por acaso, é meu namorado. Ele namorava, eu namorava… Corta pra alguns meses depois. Estávamos juntos. E nesse corte foi onde aconteceu a cabeça para baixo, a confusão do lado certo e do errado e o giro de 360°. Foi uma loucura!

8mesesMas hoje, fazendo 8 meses juntos (awn), eu sei que foi a melhor confusão que eu já tive na vida. Eu tinha que estar naquela faculdade, naquele semestre, naquela sala. Nós tínhamos que nos conhecer. A vida, o universo, a natureza, ou quem quer que seja, queria que fosse assim. E se eu soubesse que seria tão incrível estar junto do Rafa, eu também tinha desejado que fosse assim muito antes de acontecer. Por que depois de tudo o que passamos, de coisas que machucaram e nos colocaram a prova, eu sei que não ganhei só um namorado, eu ganhei um parceirão, alguém que tá junto de verdade, que briga quando tem que brigar, que dá força, que apoia, que ri junto – mas só quando tem graça mesmo – e que é acima de qualquer coisa um amigo, o melhor. Eu admiro demais esse cara e tenho orgulho do que estamos construindo.

Então, um viva à vida maluca, ao destino e ao nosso mesversário! Que muitas pessoas experimentem ao menos um terço do que nós sentimos e conquistamos todos os dias ♥

^C2AC964286C5B7F49A85128BB42813641D3ECA0F6277AB0C94^pimgpsh_fullsize_distr

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s