12 coisas que aprendi

Quando a gente conhece uma pessoa, se apaixona por ela e começa um relacionamento, muita coisa nova entra na nossa rotina. Aliás, a outra pessoa por si só já é uma grande novidade! Eu tive a incrível oportunidade de encontrar alguém que além de trazer várias novidades tem o dom de instigar muita coisa que já existia dentro de mim guardada e eu ainda não havia descoberto.

heart-583895_960_7200

E ai que eu vim contar pra vocês 12 coisas que não só aprendi com o Rafa, mas que ele  me trouxe da forma mais natural possível, desde quando éramos amigos até agora, e que fizeram muita diferença nos meus dias.

    1. Não desistir: Acho que foi a primeira grande coisa que ele me ensinou. Que, quando a gente quer uma coisa e acredita naquilo, a gente não deve e não pode desistir, mesmo que as coisas pareçam perdidas, que não dê certo uma, duas, três vezes. Se você quer, não desiste! E, posso falar? Se não fosse isso, talvez nós não estivéssemos aqui agora.
    2. Empatia: se tem um exercício que ele sempre faz e me incentiva a fazer é esse, se colocar no lugar do outro. E não só quando rola algum desentendimento entre nós, não. É pra vida, com todas as pessoas.
    3. Ser sincero um com o outro: falar o que pensa, o que sente. Pode ser complicado na hora, mas é sempre melhor pensando no todo. Isso contribui pra que nós nos entendamos melhor, em todos os aspectos. E faz com que a gente se conheça cada vez mais.
    4. Tudo tem um lado bom e proveitoso: eu sou meio pessimista pra algumas coisas, chateio, esperneio, choro. Mas aos poucos fui aprendendo com ele a ser mais positiva e perceber que tudo pode ter um lado bom e pode me ensinar algo.
    5. Arriscar: outra coisa que se ele não tivesse me instigado tanto, talvez não estaríamos aqui. E isso se estendeu a muitas coisas na vida. O Rafa é a favor de mudanças, de arriscar, de fazer e acontecer. Eu sou mais medrosa, mas tenho dado passos mais largos e arriscado pisar em outros caminhos com o incentivo dele. Tem sido ótimo!
    6. Reciprocidade: olha, se tem algo que eu aprendi o verdadeiro significado, aqui está! Acho que nunca tudo foi tão recíproco quanto é agora.
    7. Dar valor as coisas simples: isso pode parecer tão bobo de citar, mas pra mim não é. O Rafa trouxe pro meu mundo uma visão muito pura de valorização. Sabe essa coisa de prestar atenção no céu, nas plantas, nos pequenos gestos. É exatamente isso. Eu comecei a perceber o quanto me perdi valorizando grandezas e deixando passar os pequenos detalhes. E hoje eu entendo que esses sim é que fazem a diferença.
    8. Cuidar da mente: manter a mente positiva, tranquila e sensata é uma grande qualidade que o Rafa transmitiu muito pra mim. Eu sou estressada, implodo várias vezes eu dia, fervo a cabeça fácil. Aliás, fervia… com o tempo fui tentando cada vez mais manter a mente tranquila, respirar, pensar em coisas boas. Hoje ainda fervo vez ou outra, mas bem menos que antes.
    9. Não seguir padrões de relacionamento: a gente tem um namoro singular. Com o tempo fui percebendo que muitas coisas ‘padrão’ não faziam parte dele, e hoje agradeço muito por isso e valorizo, afinal, se fossemos um casal padrão não seríamos nós.
    10. Acreditar em mim: Acho que nunca conheci alguém que acreditasse tanto em mim e na minha capacidade como o Rafael. E sempre que eu deixo, por algum motivo, de acreditar um pouco, ele está lá pra me dizer que não, eu não posso deixar de acreditar em mim e começa a citar vários motivos pra isso. E aí não tem como, a confiança vem com tudo pra seguir a diante!
    11. Sintonia: claro que eu sabia o que é isso. Só nunca tinha vivido uma sintonia como nós temos. Às vezes é até assustadora. Quantas vezes no dia não falamos exatamente a mesma coisa, no mesmo momento, perfeitamente sincronizado. Se contar ninguém acredita! Além dos pensamentos sintonizados, que até ainda se surpreende.
    12. E por último, mas não menos importante, o que o Rafa me ensina todos os dias é que conversar é a melhor forma de resolver qualquer coisa. Não adianta espernear, gritar, virar a cara (quem nunca?). A melhor maneira sempre vai ser uma conversa branda, honesta e paciente.

Nossa! Poderia falar mais centenas de coisas. Como esse cara me ensina e me inova diariamente, gente! Mas essas foram as minhas escolhidas, espero que gostem e principalmente se identifiquem. É bom demais ver outras pessoas com a mesma sorte que eu: ter alguém como o Rafael do lado ♥

^C2AC964286C5B7F49A85128BB42813641D3ECA0F6277AB0C94^pimgpsh_fullsize_distr

Anúncios

7 comentários sobre “12 coisas que aprendi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s