Miados e Latidos: Lola

Quem segue minhas redes sociais e o Instagram do blog já percebeu que eu sou gateira! Tenho 4 filhas felinas e hoje começo a contar pra vocês como cada uma entrou pra família e como é a personalidade delas, a começar pela primogênita Lola!
Na minha casa sempre tivemos gatos – já chegamos a ter 15 de uma vez só – mas em determinado momento, depois que nossa gatinha Cacau faleceu de um câncer que a fez sofrer muito (e a nós também), nós decidimos não ter mais gato, só cachorro. E isso durou10295718_10203759170250377_3483621431321169866_naproximadamente um ano. Mas começaram a aparecer ratos em casa, coisa que nunca tinha acontecido, e então resolvemos ter um gatinho pois só a presença felina na casa já intimida os ratos (e, claro, por que estávamos sentindo falta de ter um bichano!). Nessa mesma época uma conhecida nossa, que mora na rua de baixo, foi surpreendida com uma gata, que ela nunca tinha visto, dando cria na sua lavanderia. Ela encontrou a mãe e seus 6 filhotinhos pela manhã, a tarde encontrou com a minha vó e perguntou se ela não queria um e se podia ajudar a doar os gatinhos. Pronto, foi assim que a Lola chegou – e todos os irmãos foram doados.

Ela é a mais velha das 4 e está conosco a mais ou menos seis anos. Sempre foi muito carinhosa, comilona, preguiçosa e desde o começo se deu bem com as cachorras. Adorava dormir na cama igual gente, com a cabeça no travesseiro, corpo coberto e toda esticada. Durante um bom tempo foi a dona da casa, pintava e bordava. Mas os anos foram passando, ela engordando e envelhecendo, e ficou mais preguiçosa, ainda mais manhosa e monstruosamente mais comilona. Até o dia que ganhou as irmãs mais novas e de repente virou um filhote de novo. No começo ela estranhava um pouco e ficava arisca com as outras por perto, mas passada a fase de adaptação, ela corria, fazia arte e brincava como um filhotinho cheio de energia. Sempre foi bem mais próxima da Lua, a quem adotou como filha no começo e até deu mama, produzindo leite mesmo sem cria.

IMG_3719

Lola recebendo afago das irmãs Lua e Sofia

Hoje, perdendo os dentinhos e com quase 7kg, seu lugar preferido é em cima do armário da cozinha (!), onde dorme o dia todo (e a noite também), sai rapidinho pra usar a areia, e sempre que alguém abre a geladeira ela corre pra pedir o sachê, que ela sabe que fica lá! Ainda brinca bastante com as irmãs, mas as vezes tá de saco cheio e sai distribuindo grosseria, resmungando e dando tapa. E a curiosidade mais engraçada dela é que a Lola AMA cabelo! Sim, cabelo. E é só pegar ela no colo de cabelo solto que ela te abraça e enfia a cabeça no meio dos cabelos, ronrona e se você deixar ela dorme ali por algumas horinhas.

^C2AC964286C5B7F49A85128BB42813641D3ECA0F6277AB0C94^pimgpsh_fullsize_distr

Anúncios

6 comentários sobre “Miados e Latidos: Lola

  1. Pingback: Miados e latidos: Cica | Odeio Sagu

  2. Pingback: Miados e Latidos: Lua | Odeio Sagu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s