Miados e Latidos: Lua

Dia de apresentar pra vocês mais uma filha. OBA! Ok, eu sei que o dia era ontem, mas por motivos de Carnaval, cansaço e retorno ao trabalho, o post ficou pra hoje. Hihi Quem nunca?
Bom, a gata da vez é a Lua, meu grude maior de todos. E a história dela começou antes mesmo dela nascer… Quando tínhamos só a Lola, que eu já apresentei aqui, e nem pensávamos em adotar outro gato.

Um belo dia minha vó estava curtindo uma brisa da tarde na janela que dá pra rua e viu
um carro parando, a porta abrindo e, quando o carro saiu, lá estava uma gatinhaIMG_1799 abandonada :/ Minha vó correu pra dar comida e tentar ajudar e encontrou uma gata super carinhosa e mansinha. Adivinha? Óbvio que ela levou pra casa! Resolvemos ficar com ela, mas logo de cara começaram os problemas. Ela começou a bater bastante na Lola, que já não queria nem ficar em casa, de tanto medo. E logo ficou agressiva conosco também. Tipo, MUITO! Chamamos um veterinário pra examinar e ver o comportamento dela e o que ele detectou foi uma grande surpresa: ela estava esperando vários filhinhos e a agressividade era característica da raça (Angorá) dela nesse período.

Por isso, na sequência veio o drama: ela e a Lola juntas era algo impossível. Então pro bem de todos levamos ela pra casa do meu pai, que não tinha nenhum gato e estava querendo um (e ganhou vários haha), com a seguinte condição: um filhotinho seria nosso. Nossa Lua veio com 1 mês de vida  e era a coisinha mais feia do mundo *-* muito carinhosa e grudada com a gente. Mais arteira que tudo, aprontou várias, quebrou muita coisa e fez a gente rir muito.

Hoje, mais velha e mais arisca, ela é bem grudada comigo, dorme junto toda noite, curte ficar deitada perto enquanto estou no computador e adora roubar minha lixa de IMG_1546unha  quando estou usando, pra brincar! É a mais fotogênica das quatro, mas não é muito fã de foto não, é só eu apontar a câmera que ela olha pro lado oposto, parece que sabe! Sofro pra conseguir fazer ela olhar haha É a mais independente, e a que menos fica junto das irmãs, curte mesmo ficar deitada perto da plantas e passa a tarde toda sozinha, dormindo na parte superior de casa, tomando um sol na cadeira de balanço. Mas, apesar da independência, adora pedir um carinho com o miado mais fofo da vida que ativa o lado Felícia de qualquer um *____*

Ah, o nome dela é Lua por que quando era filhote, era bem clarinha, mas não branca, e tinha umas manchinhas no corpo que pareciam sombras. Aí cresceu e resolveu ficar rajada igual a mãe , só  pra aumentar o charme ❤

^C2AC964286C5B7F49A85128BB42813641D3ECA0F6277AB0C94^pimgpsh_fullsize_distr

Anúncios

11 comentários sobre “Miados e Latidos: Lua

  1. Pingback: Miados e Latidos: Sofia e Maya | Odeio Sagu

  2. Own, quanto amor. Estava esses dias falando com a Julia, do loucuras de julia, que eu estou super inclinada a arrumar um gato 🙂 Sempre tive muito receio, pq falam que são ariscos e tal, e pq temos cachorro. Mas eles são tão lindos e parecem ser muito carinhosos, entao estou doida por um.

    Curtido por 1 pessoa

    • Jamile, depende muito do gato, a grande maioria é puro amor ❤ e sobre os cachorros, é só ter paciência na adaptação. Aqui em casa tenho duas cachorras e nunca tive nenhum problema, nem briga nem nada, elas se misturam, interagem, brincam… É um barato!! Todo apoio, adota um gatinho e você vai ver quanto amor eles são, com certeza ❤

      Curtir

  3. Ai meu deus, quanto amor! ❤
    As minhas gatas também não se dão muito bem não, vivem se batendo. Mas vão ter que se aturar, não consigo me desfazer de nenhuma delas. Eu fico dando muita comida pra ver se elas ficam gordas e com preguiça de brigar. askjdhaksjdhaksjhd
    Suas filhas são liiiindaassss! ❤

    Curtido por 1 pessoa

  4. Estou amando suas filhas haha!

    Tenho uma pergunta que, inclusive, já fiz pra outras pessoas que tem gatinhos, mas sigo “nervosa” com isso… Suas gatas passeiam sozinhas fora de casa? Elas sempre voltam? Eu quero muito um gato/uma gata. Moro em casa e sei de vários cuidados que posso ter para evitar que o bichano fuja. Mas, há quem me diga que deixá-los passear é bom e etc., mas morro de medo de que não volte, se machuque… 😦

    Curtir

    • *—-*
      Então Lari, eu moro em casa, e não tem tela, então elas dão uma voltinha sim. Não vão longe, claro, os vizinhos são o limite, mas elas ficam a maior parte do tempo em casa mesmo, e quando saem, logo voltam. Já rolou de duas ficarem sumidas alguns poucos dias sim, não vou mentir pra você não, mas ainda assim, voltaram. Eu acho que é mais seguro telar tudo, mas tenho dó de limitar elas, ainda mais já acostumadas com os passeios. Acho que pegando desde filhote e acostumando aos poucos a soltar, eles voltam sim, é meio instinto, sabe? Não fica com medo não, mesmo! Só ter sempre atenção, carinho, cuidados, comida hahaha e eles sabem qual é a casinha deles ❤

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s