Na Estante: Vale Tudo – Tim Maia

timmaia

‘Mais grave! Mais agudo! Mais eco! Mais retorno! Mais tudo!’. Uma das frase mais ditas por Tim Maia é também uma das mais usadas em sua biografia “Vale Tudo: O som e a Fúria de Tim Maia”, livro que deu origem ao filme. Escrito por Nelson Motta, traz com muitos detalhes a história do síndico do Brasil, desde sua adolescência e a ida aos Estados Unidos, até seu envolvimento com drogas de todos os tipos e seus 142 quilos.
É inegável que Tim foi um dos maiores artistas que o Brasil já teve.

Além das músicas festivas que todos nós conhecemos (Do leme ao pontal/Não quero dinheiro/Descobridor dos Sete Mares) havia também um homem depressivo e de coração mole, que adorava se meter em uma enrascada e por muita sorte, estava rodeado de pessoas que o ajudaram (e o aturavam!). Fã de bossa nova e soul, Sebastião viveu muito mais do que qualquer médico lhe daria de expectativa de vida (vide a forma que levava-a). E viveu como quis. Senti um pouco de dificuldade do autor em ligar alguns trechos do livro, mas que não impediram que eu admirasse mais ainda a obra (do Nelson Motta e do Tim Maia!).

timmaia2Dois de seus melhores discos, se deram da situação mais inimaginável: de sua entrada de cabeça na Cultural Racional, uma religião pouco conhecida que virou o mundo de Tim. Parou de usar drogas, parou de comer carne, obrigava toda banda se vestir de branco…Mas para alegria geral, o período esotérico se encerrou e o velho Tim voltou.

Simpático, você descobre no decorrer das páginas que Tim se tornou amigo de quase todo mundo que teve contato. Digo quase, porque da mesma forma que fazia, desfazia. Talvez muita gente que vai ler essa resenha nem imagina, mas Tim tinha a fama de faltar em shows. Sim! O cara faltava nos próprios shows! E muitas vezes, por simplesmente estar de ressaca. Mal pagador, morreu afogado em dívidas e envolvido em polêmicas, mas com certeza, não perdeu o sorriso no rosto e o vozeirão inconfundível.

Editora: Objetiva | Autor: Nelson Motta | Páginas: 392

^0DD2F7A012009E1254632484B6ACB46D2D74B63E9082860262^pimgpsh_fullsize_distr

 

Anúncios

2 comentários sobre “Na Estante: Vale Tudo – Tim Maia

  1. Ei, Rafael!
    Poxa, que bacana esse post. Vou recomendar na página do Yellow…

    Eu nunca fui fã do Tim, mas é por não ter tido muito contato mesmo. Lembro de quando ele morreu porque tinha uma amiguinha que, ao contrário de mim, estava habituada a ouvi-lo sempre e ficou muito chateada. Fizemos aviõezinhos de papel e soltamos do alto do prédio (super ecológicas, né, rs), em homenagem a ele. Depois disso, eu só ouvia dizer de suas polêmicas e acabei não me interessando muito. Fiquei curiosa agora, porém!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s