Meus quase 26…

O tempo correu, quase que voou, e parece que foi ontem que comemorei 25 anos! Não to sabendo lidar direito com essa pressa, mas não tem jeito, né!? E sempre que meu aniversário começa a chegar eu fico mais pensativa e apreensiva sobre a vida e sobre tudo o que eu já vivi. A diferença é que a cada ano que passa essa reflexão fica mais séria, mais carregada de experiências e de urgências. Agora chegando aos 26 eu confesso que sinto uma certa pressão pessoal sobre coisas que eu já queria ter feito e ainda não fiz e sobre o tempo passando rápido demais.

BUT estou longe de uma crise… é mais um momento introspectivo, sou eu lá na frente cobrando que o eu de agora viva! Sobre essa atividade, não posso me queixar, se tem algo que eu tô fazendo é vivendo! Esse ano, na transição dos 25 pros 26, foi bem diferente de todos os outros que passaram. MUITA coisa mudou pra mim, o blog nasceu, eu criei o Atelier Casa 53, e sinto que finalmente me descobri, que achei o tão famoso ‘meu lugar’. Ou ao menos estou no caminho onde isso começa a acontecer. Foi esse ano que eu me joguei de verdade em algo que acreditava pra mudar a inhaca que tava sentindo na vida. Calma, eu explico.

IMG_20160607_163612

Eu andava em conflito, trabalhando e estudando mas me sentindo meio inútil. Pesado, eu sei, mas é fato. Não via muita razão nem raiz no que eu estava fazendo, faltava alguma coisa que fizesse sentido, que eu realmente me dedicasse e acreditasse 100% e que eu de alguma forma tornasse em algo palpável.  Com a ajuda e incentivo do Rafa, principalmente, me inquietei a procurar o que estava deixando esse buraco, esse vão. Em resumo me encontrei no universo do bordado e hoje mesmo com a correria que se tornou a minha vida, é o maior prazer do mundo produzir algo que vai chegar a outras pessoas e fazer parte da vida e do ambiente em que vivem. É uma vibe que pra explicar direito eu preciso de post exclusivo, então não vou me prolongar.

Então eu posso dizer que, chegando aos 26, eu me sinto finalmente no meu lugar. Sinto meu caminho mais palpável. Os planos agora não são mais só de busca, são também de concretização, de crescimento. São planos de ser, e não mais só de ter. E apesar de tudo o que eu queria fazer e ainda não fiz, eu sei que já conquistei muita coisa, que já cheguei muito mais longe do que eu imaginei um dia, e que principalmente consigo enxergar que posso ir muito além. Hoje eu realmente acredito em mim, no meu potencial e no meu trabalho. E isso não tem preço. Acredito que cada pessoa é um mundo particular, e no meu mundo em constante evolução um mix de compreensão, calma e confiança se instalou e não vai embora nem com a ventania mais braba que bater. To sentindo que esses 26 vão começar com um gostinho muito especial, com o peito cheio de orgulho de mim,  do que eu conquistei e da força que eu tenho pra ir além.

babs

^C2AC964286C5B7F49A85128BB42813641D3ECA0F6277AB0C94^pimgpsh_fullsize_distr

Anúncios

Um comentário sobre “Meus quase 26…

  1. Barbara, primeiro: parabéns!
    Um novo ano incrível.
    Segundo: sei bem como é essa transição dos 25 pro 26. Passei por ela há uns dois meses e te confesso que ainda não me acostumei.
    A pressão parece gigantesca, né?!
    Aos poucos, acho que vou, como você, me encontrando e deixando de sentir esse ‘peso’.

    Beijo grande!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s